O Combatente – #2

O ar aquecido do quarto de sua filha o recebe como um abraço de mãe, imediatamente amansando seu espírito, amaciando a dureza que ele tentara obter no banho frio. Esse é o motivo de não entrar no quarto: ele o enfraquece no aqui e agora. E o imediato é sempre mais contundente na alma do homem.

Continuar lendo

Anúncios

Truby e o Esqueleto da Estória

Todo esqueleto tem uma estória. Ou seria o contrário?

De acordo “A Anatomia da Estória” de John Truby, a estrutura de uma história é como ela se desenvolve ao longo do tempo. Ela é também o esqueleto ao qual toda a carne está ligada. Qualquer história tem um mínimo de sete partes, todas as quais devem estar organicamente ligadas à sua premissa e fluir naturalmente dela.

Continuar lendo

Truby e o Porquê da Ficção

O livro que me fez querer aprender a arte da ficção.
(“Moby Dick”, por Augustus Burnham Shute, 1851-1906.)

Eu tenho esse desejo de escrever sobre a minha vida. Parece egocêntrico e provavelmente é um pouco, mas acho que há muito o que contar — se ao menos eu pudesse aprender as lições. A verdade é que é difícil encarar a verdade. Então eu pensei que tentar escrever ficção pode ser uma maneira de tornar isso mais fácil. Talvez fingindo que estou escrevendo sobre outra pessoa — alguém que nem sequer existe — misturando personalidades aqui e ali, adicionando quaisquer detalhes que eu ache interessante, eu possa realmente ser capaz de analisar minha vida em vez de sempre me evadir da tarefa. O problema é que eu não sei praticamente nada sobre a arte de escrever ficção.

Continuar lendo