Perdendo Antes Da Luta

Essa imagem simplesmente tem o astral certo… com o título certo.
(Fonte original: “Hora de Desistir”, por PixelLine; CC BY-NC-SA 2.0)

O problema não é agora. O problema é quando eu começo as coisas. Eu louvo a Razão acima de tudo simplesmente porque os homens sempre cobiçam o que lhes falta. Tudo que faço é por puro entusiasmo – um entusiasmo de Baco mesmo, como se eu estivesse nu no topo de uma montanha, participando de uma orgia de sangue, sexo e vinho, gritando aos deuses, clamando por poder, visão, vida, morte. Eu disfarço a emoção cega através do raciocínio frio, e eu minto – para mim mesmo, para a família e amigos, para você.

Sun Tzu disse que todas as batalhas são vencidas ou perdidas antes mesmo de serem travadas. Ele não poderia estar mais certo. Eu me coloco para a derrota no momento em que me decido por uma batalha. Seria risível se não fosse vergonhoso.

Eu me coloquei nesse projeto “procrusteano” de escrever um post de 500 palavras todo dia, durante um ano. O objetivo era múltiplo: eu queria aprender filosofia e história, então leria e escreveria sobre isso; eu queria pensar em minha vida e escrever quaisquer lições ou pensamentos que eu pudesse extrair dela; eu queria cultivar o hábito de escrever – Quem sabe um dia eu poderia me tornar um escritor?; eu queria me aprisionar em um belo projeto onde meu próprio caráter estivesse em jogo, assim eu saberia que não desistiria; eu queria aprimorar meu caráter ao fazê-lo; eu queria dar os primeiros passos ao longo de um caminho que um dia me transformaria no pai que minha filha merece.

Porém, eu não consigo continuar.

Eu levo cerca de cinco horas em média para escrever um post. Isso inclui ler um capítulo de livro, destacar as partes importantes, conectar essas partes e/ou elaborar comentários, adicionar notas de rodapé quando necessário, encontrar uma imagem adequada, escrever as legendas, criar os links apropriados para imagens, licenças e outros, traduzir para português ou inglês (dependendo do idioma em que originalmente escrevi o post), adicionar tags, revisar e editar ambas as versões.

Quem tem cinco horas por dia para gastar em um projeto como esse? Consegui espremer esse tempo durante o primeiro mês do ano, mas é simplesmente inatingível para o resto, com a minha vida ficando cada vez mais complexa. Eu leio “janeiro 2019 (31)” no widget “Arquivos” nos meus sites, e isso me enche de orgulho e tristeza.

O que eu faço agora?

Aceitar que não posso continuar o projeto é desistir. Fornecer razões para desistir é como dizer “sinto muito” depois de errar o mesmo erro pela enésima vez. Mudar e adaptar o projeto é aceitar a derrota, mas disfarçá-la com eufemismo barato.

Não é nem mesmo suficiente aceitar um caráter fraco. A verdade é que não consigo mais tomar decisões racionais sobre minha vida. Eu não consigo mais raciocinar!

Como viver sem confiar em suas próprias decisões? Como pedir a outras pessoas que confiem em você quando você mesmo não pode? É como se eu estivesse jogando poker comigo mesmo, blefando o tempo todo, e perdendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s